A CMPS está iluminada de rosa em campanha contra o Câncer de Mama “Outubro Rosa”

Fachada CMPS iluminada para o Outubro Rosa

Em campanha contra o Câncer de Mama “Outubro Rosa, a Câmara Municipal de Porto Seguro está iluminada de rosa para alertar a população sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de mama.

Em Porto Seguro, a campanha está em sua 6ª edição. O “Outubro Rosa” é um movimento internacional que nasceu nos Estados Unidos e foi instituído nos anos 90. Em 2002, a cidade de São Paulo foi pioneira em iluminar prédios de rosa. Em 2008, o Rio de Janeiro aderiu ao movimento e iluminou o Cristo Redentor.

O Brasil registrou no ano passado, 53.700 casos de câncer de mama. Treze mil mulheres morreram. Esta é a segunda causa de morte de mulheres no País, perdendo apenas para os problemas cardiovasculares. Em Porto Seguro a campanha teve início em 2013, quando foram registrados 54 casos da doença. Já em 2018, foram computados 153 casos. Para o mastologista dr. Hugo Cedro, “o crescimento do diagnóstico da doença no município é devido a ausência de procura pelo tratamento”.

HISTÓRIA - A origem do Outubro Rosa se deu na última década do século 20, quando o laço cor-de-rosa, foi lançado pela Fundação Susan G. Komen for the Cure e distribuído aos participantes da 1ª Corrida pela Cura, realizada na cidade de Nova York, em 1990 e, desde então, promovida anualmente no local.

Entidades das  cidades de Yuba e Lodi, também nos Estados Unidos, começaram efetivamente no ano de 1987 a comemorar e fomentar ações voltadas para a prevenção do câncer de mama, denominando como “Outubro Rosa”. Com a finalidade de sensibilizar a população inicialmente as cidades se enfeitavam com os laços rosas, principalmente nos locais públicos, depois surgiram outras ações como atividades esportivas e educacionais com pessoas que tinham superado a doença.


Imprimir   Email